Siga-nos:
Fones: 49 . 3444 0212 49 . 3444 3412 49 . 3444 5821 49 . 3425 5515 49 . 9989 0290
Seu Pet merece tratamento de qualidade, e o melhor tratamento está na Dogs!
Raças de Animais
 

Quando começou a associar-se com o homem, o cachorro já se diferenciava em várias raças. As raças de cachorros que conhecemos hoje, apresentam uma diversidade muito acentuada de aspectos distintivos, cuja explicação não está somente na tendência natural do cão à variação, mas também dos efeitos de uma domesticação muito antiga.

Aqueles que sustentam a tese segundo a qual o atual cachorro doméstico descende de uma única espécie primitiva, apontam como causa da diversificação as mutações naturais, a ação de fatores ambientais, climáticos e reprodutivos, assim como a domesticação, isto é, a intervenção do homem que, através dos tempos trabalhou para obter a fixação das diferentes características físicas e psíquicas, apropriadas para satisfazer distintos interesses de trabalho ou esportivos.

Todas estas causas atuando juntas ou separadas, teriam contribuído para explicar o polimorfismo dos cachorros e também se descendem, como outros sugerem, de vários progenitores.

Com o passar do tempo, os cachorros assumiram papéis cada vez mais específicos na vida do homem: Especializaram-se em diversos sistemas de caça, guarda e pastoreio de rebanhos, tração de trenós, e ainda em atividades de combate contra outros animais. Podemos considerar que há nos dias de hoje, cerca de trezentas diferentes raças de cachorros que são reconhecidas internacionalmente, além de outras tantas raças de cães mais novas, que já obtiveram um registro provisório nas associações cinófilas. As raças de cachorros estão dividas em 11 grupos caninos:

Grupo 1 (Cães Pastores e Boiadeiros)
Grupo 2 (Pinschers, Schnauzers e Molossóides)
Grupo 3 (Cães Terriers)
Grupo 4 (Dachshunds)
Grupo 5 (Spitz e Cães do tipo Primitivo)
Grupo 6 (Farejadores e Raças Assemelhadas)
Grupo 7 (Apontadores)
Grupo 8 (Retrievers, Levantadores e Cães D'água)
Grupo 9 (Cães de Companhia e Toys)
Grupo 10 (Galgos ou Lebréis)
Grupo 11 (Raças com Registro Provisório).

 
Clique na foto ou no nome para ver mais detalhes.
  • Afghaunhound
  • Airedale Terrier
  • Akita
  • American Pit Bull
  •        
    Cão

    Nome: Afghaunhound

    Tipo Físico: O porte orgulhoso da cabeça, o olhar fixo no horizonte e seu porte aristocrático lhe dá um ar exótico e digno. Sua pelagem longa, sedosa e de textura fina é abundante por todo seu corpo, adornando sua silhueta elegante. A cabeça é larga e fina e as patas são grandes e adornadas com abundantes pelos. O rabo ligeiramente coberto por pelos longos formam um anel em sua extremidade. Sua altura varia entre 61 e 71 cm e seu peso entre 23 e 28 Kg. Existem em todas as cores sólidas, bicolores e tricolores.

    História: Nada se sabe de onde vieram, mas aqui chegaram e ficaram. Os shiks afgãos dizem que ele foi a raça elegida por Noé para ser levado na arca. Mesmo não se sabendo a origem desta raça, sem dúvida os pedigrees desses cães são anteriores a J.C. Imagens de antepassados do Afghan foram encontradas gravadas em descobertas arqueológicas. Eram usados como guardiãs de ovelhas e gado e para caçar. Atualmente é usado como cão de companhia e exposição. Como exemplo de seu valor e habilidade, é sabido que ele chegou a atacar e matar leopardos e panteras.

    Caráter: O Afghanhound é amável e carinhoso e possui uma sabedoria que parece ter adquirido de seus antepassados no deserto. Pode ser reservado, mas é muito alegre e extrovertido com os seus. Ele necessita de espaço e exercício é imprescindível.
    Cão

    Nome: Airedale Terrier

    Tipo Físico: O Airedale é um cão bem estruturado, robusto, de pelagem dura e resistente e é o maior terrier do Ocidente. Sua pelagem cor de fogo com um típico manto negro é a única cor admitida. Sua altura varia entre 56 e 61 cm, seu peso 20 kg. Sua cabeça alargada possui orelhas pequenas dobradas em forma de V.
    Seu corpo é esbelto sustentado por membros anteriores fortes e retos e posteriores bem angulados.

    História: Em meados do século XIX foram cruzados vários tipos de terrier ratoneiros, todos eles maiores que os atuais, com otter hound, para se obter um cão de maior peso e consistência capaz de apanhar presas maiores e servir como guardião. Mais tarde, a introdução do Irish Terrier e possivelmente do Welsh contribuiu para fixar o tamanho e o tipo. O airedale é muito versátil: ratoneiro, cão de exposição, grande nadador e lutador incomparável.

    Caráter: Devido sua intelegência e instintos naturais é o terrier mais fácil de adestrar. Ele é educado, paciente e um perfeito "cavalheiro" em casa.
    Cão

    Nome: Akita

    Tipo Físico: Cão de porte grande com uma grande cabeça, focinho largo, pelagem eriçada e orelhas pequenas e triangulares, ligeiramente arredondadas na ponta. Sua altura varia entre 61 e 71 cm e seu peso entre 34 e 50 Kg. Sua pelagem é de comprimento médio, áspera e dupla sem franjas. São aceitas todas as cores inclusive os manchados e tigrados. O Akita possui uma constituição sólida, atlética e sua expressão inteligente e porte orgulhoso lhe dá um aspecto nobre.

    História: O Akita representa o tipo de raça japonesa antiga. Acredita-se que esses cães foram criados para a caça. Os Akitas tem sido usados com êxito para esse fim, caçando lobos, por exemplo. Outros acreditam que os Akitas foram criados para lutar. Nos anos 30 os Akitas eram tão escassos que somente os muito endinheirados podiam ter algum exemplar.

    Caráter: Esses cães têm uma atitude muito orgulhosa e algo independentes. Bons animais de companhia para alguns e excelentes guardiões para outros. O Akita as vezes pode ser um tanto reservado e essa característica pode ser mal interpretada como falta de lealdade ou afeto.
    Cão

    Nome: American Pit Bull

    Tipo Físico: O Pit Bull se sobressai como um cão vigoroso, poderoso e voluntarioso. Seu comprimento é ligeiramente maior que sua altura que pode variar entre 46 e 56cm. O peso varia, inclusive entre exemplares de mesma altura, entre 14 e 36 Kg, sendo que o normal é entre 16 e 25Kg. O pelo é curto, brilhante e áspero ao tato. Aceitam-se todas as cores, com ou sem marcas. As orelhas ficam posicionadas no alto da cabeça e podem ou não ser cortadas. O rabo também pode ser cortado.

    História: Baseado no Bull terrier e outros tipos de terrier antigos, o Pit Bull provém historicamente de ringues de luta. A tenacidade e a força dessa raça não tem paralelo no mundo canino. Sua história é rica e impressionante, porém seu futuro merece mais atenção. O Pit Bull é uma raça de cão singular e não tem nada a ver com qualquer tipo de mestiço lutador criado sem escrúpulos. Por muito tempo na América foi um cão querido e companheiro comum. Infelizmente mais tarde, alguns irresponsáveis sem escrúpulos, aproveitaram as qualidades desse cão para lutas ilegais causando a má reputação da raça nos EUA. O Pit Bull é excelente em qualquer função canina: guardião, pastor, caçador e policial.

    Caráter: São verdadeiros companheiros de categoria, somente para pessoas de categoria também. Suas tendências agressivas instintivas são dirigidas a outros cães, não as pessoas.
  • American...
  • Basenji
  • Basset Hound
  • Beagle
  •        
    Cão

    Nome: American Staffordshire Terrier

    Tipo Físico: Bem feito, compacto e musculoso o American Staff Terrier tem o aspecto de uma força incrível para seu tamanho. Sua altura varia entre 43 e 48 cm. Seu peso fica entre 18 e 23 kg. Sua cabeça é larga com musculatura bem marcada. Preferencialmente não se cortam as orelhas. Seu rabo é curto em relação ao corpo. Não deve ser cortado. Sua pelagem é curta, brilhante, lisa e áspera ao tato. O Staff pode ter todas as cores inclusive as sólidas, particolores e manchadas.

    História: O American Staff Terrier é um primo irmão do Staffordshire Bull Terrier inglês, que é um cruzamento entre o antigo Old Bulldogge da Inglaterra, que durante muitos anos foi o principal lutador com os touros, e o Fox Terrier. O Old Bulldogge não deve ser confundido com o Old English Bulldog. Se existe similaridades é mais entre os Staffordshire Terrier, especialmente o American Staff, que é maior, e o old bulldogge. Os aficionados americanos queriam um cão mais alto e pesado do que os ingleses. Assim os dois tipos de Staff evoluíram de forma distinta. Em 1936 o American Staff Terrier foi reconhecido como raça.

    Caráter: Apesar de sua história de cão de luta e má fama são muito leais, de confiança e afetuosos. Mesmo nos tempos das lutas esses cães foram considerados amáveis com as pessoas. Eles são conhecidos como voluntariosos mas não como carniceiros. É reconhecida sua vontade e habilidade para obedecer os comandos de seu dono.
    Cão

    Nome: Basenji

    Tipo Físico: Sempre alerta, o Basenji é um cão de conformação ligeira, com a graça de uma gazela. A orelhas são pontiagudas e eretas implantadas no alto da cabeça. Finas e profundas rugas faciais surgem quando põe as orelhas em alerta. O corpo é equilibrado e o rabo de inserção alta segue enrolado sobre a garupa. A pelagem é curta e lisa. Sua altura varia entre 40 e 43 cm e seu peso entre 9 e 11 kg. As cores podem ser, vermelhos, preto e fogo e preto, todos eles com manchas brancas. No Zaire, seu país de origem, também existe Basenjis tigrados.

    História: A idéia de que o Basenji descende dos Spitz pode ser justificada considerando as semelhanças físicas entre eles, tais como, o rabo enrolado e as orelhas eretas. No entanto é mais provável que o Basenji descenda de cães párias da África Central até tornar-se um caçador muito eficaz por seus instintos naturais. O Basenji descoberto pelos exploradores ocidentais em fins do século XIX foram chamados “Terriers do Congo”, “Cães dos bosques africanos” e “Cães dos bosques de Lagos”. Os exploradores faziam referência a impossibilidade desses cães latirem. Os Basenjis emitem um som suave e baixo, como um grunhido, peculiaridade exclusiva dessa raça, apesar de outros cães africanos emitirem um som semelhante. No Congo eram usados para caçar guiando sua presa até as redes. Acredita-se que foram usados também para caçar ratos, daí talvez seu nome “Terrier do Congo”.

    Caráter: É um bom candidato para cão de companhia. Sua pelagem curta necessita de poucos cuidados. Ele costuma limpar-se como fazem os gatos. São cães com estilo, inteligentes e de aspecto chamativo. Tendem a ser brigões com outros cães, mas são absolutamente confiáveis e afetuosos com as pessoas.
    Cão

    Nome: Basset Hound

    Tipo Físico: Algumas rugas adornam sua cabeça bem proporcionada. Sua expressão é aristocrática e inteligente. Essa raça possui uma ossatura forte e sua altura varia entre 35 e 36 cm e seu peso entre 18 e 27 Kg. A pelagem é curta e lisa, mas não demasiadamente fina. As cores são: tricolor (branco, preto e fogo) e bicolor (branco e creme), mas outras cores são aceitas. O rabo inteiro é elevado.

    História: Este cão possui uma longa história que vem desde os monges medievais. A raça está relacionada diretamente com os bassets franceses. A nobreza inglesa gostava dessa raça tal qual a corte francesa. O Basset Hound inglês surgiu dos bassets originais, quando as importações da França pararam. O Basset é um rastreador de veados, lebres e faisons, sendo um pouco lento, mas inegavelmente eficaz.

    Caráter: Cão de companhia e caçador muito popular na Inglaterra e EUA Apesar de seu aspecto clássico e encantador ele pode ser “folgadão”, de modo que se deve impor uma disciplina adequada e exercício regular.
    Cão

    Nome: Beagle

    Tipo Físico: O Beagle é uma das raças mais fáceis de se reconhecer, é um fox hound pequeno, sólido porém alto pelo que ele mede. Pode ser inferior a 33 cm ou pode chegar até 38 cm. São aceitas as cores típicas do "hound", sua pelagem é curta, forte e lisa. Seu peso varia entre 8 e 13,5 kg. O Beagle é robusto e compacto.

    História: O Beagle pode ter derivado de cães celtas cruzados com hounds ingleses pequenos. Durante séculos se tem conhecimento de cães do tipo Beagle na Inglaterra. Não se sabe ao certo quando a raça atual se fixou. Os Beagle apareceram nos Estados Unidos nos tempos coloniais e se mostraram excelentes para a caça da lebre, codorna e faisão, exatamente como os europeus.

    Caráter: É um cão muito alegre, seja na caça, em casa ou com seus donos. Esta qualidade explica o porque de sua enorme popularidade. Sua longevidade, aspecto atraente e inteligência são outros fatores notáveis.
  • Bedlington Terrier...
  • Bernese Mountain...
  • Bichon Frisé
  • Bloodhound
  •        
    Cão

    Nome: Bedlington Terrier

    Tipo Físico: Apesar de sua aparência de cordeiro é um puro terrier. Ligeiro e esbelto, é forte, duro e musculoso. Sua conformação é muito importante. Relativamente longo, com garupa inclinada e comprido rabo. A pelagem é uma mescla de pelo duro e suave com tendência a eriçar-se. Sua altura varia entre 38 e 43cm e seu peso entre 7,5 e 10,5Kg. As cores podem ser azul, fígado, areia ou qualquer dessas combinado com fogo.

    História: Se acredita que esse peculiar terrier descenda de cruzamentos de Whippet com Dandie Dinmont terrier e Otter hound. Conhecido como Rothbury terrier até 1820, era usado pelos ciganos do norte da Inglaterra para caçar e para lutar. Esses cães usados para todos os fins, inclusive minas e lutas, eram grandes caçadores. Com a era industrial foi desaparecendo até cair em mãos de aficionados.

    Caráter: O Bedlington de exposição tornou-se presa da moda e seu coração de autêntico terrier foi camuflado. Ainda que suas habilidades caçadoras tenham diminuído, continuam sendo grandes ratoneiros. Como cão de companhia é afetuoso e tem personalidade e nesse sentido ele até parece um cordeirinho.
    Cão

    Nome: Bernese Mountain Dog

    Tipo Físico: As regiões montanhosas da Suíça requeriam um cão rústico. O Bernese tem esse aspecto curtido de um veterano montanhês. Sua cor é preta e fogo com manchas brancas. A pelagem é meio comprida com pelos ligeiramente ondulados que o protegem dos ventos gelados e da neve. O crânio é plano e o focinho forte e reto. Os olhos são castanhos escuros e amendoados e lhe dão uma expressão de lealdade. O corpo é compacto e o peito é amplo. Sua altura varia entre 59 e 70 cm e seu peso entre 40 e 44 kg.

    História: O Bernese foi introduzido na Suíça pelas legiões romanas durante o primeiro século AC. Foi obtido através de cruzamentos entre cães guardiães e cães de trabalho nativos. É o cão que goza de maior popularidade fora de seu país.

    Caráter: O temperamento do Bernese é o de um cão muito trabalhador e muito manso. Trata-se de um cão muito corajoso, forte e rústico.
    Cão

    Nome: Bichon Frisé

    Tipo Físico: É cão que chama a atenção devido sua pelagem branca solta e ondulada e seu rabo erguido como uma pluma sobre a sua garupa. Sua altura varia entre 23 e 31 cm. Algumas sociedades caninas admitem manchas creme sobre a pelagem branca em cães jovens (até 19 meses).

    História: O Bichon há séculos era muito popular na Espanha, porém como chegou lá não se sabe. Acredita-se que foi levado das Canárias pelos navegantes espanhóis. Outra teoria acredita que os fenícios trouxeram o Bichon para Tenerife, e daí teria sido introduzido na Península. Ele desapareceu por um tempo e foi novamente descoberto pelos navegantes do século XIV. Foram os favoritos dos reis. Atualmente as pistas de exposições contam com belos exemplares.

    Caráter: Trata-se de um cão muito alegre, esperto e despreocupado. Possuem um encanto irresistível.
    Cão

    Nome: Bloodhound

    Tipo Físico: O Bloodhound é o maior e mais potente dos “hounds” podendo pesar até 50Kg e medir uns 69cm. Sua cabeça é impressionante. Rugas e papadas adornam sua cabeça nobre que mostra muita personalidade. A pelagem espessa, curta e forte pode ser preta e fogo, vermelho e fogo ou amarelo. Os olhos não devem ser proeminentes. Suas patas são grandes e firmes. Possui enormes e longas orelhas.

    História: Esse cão é descendente dos “hounds” dos monges do monastério de St. Hubert desde 1200. Estes cães eram de cor preto e fogo ou brancos. Eram usados exclusivamente para a caça e eles foram a base do Bloodhound atual. No século XIX foram usados para caçar veados mas caçava também lobos e felinos. Seu faro é tão especial que muitas vezes foi empregado para seguir o rastro de criminosos e ladrões de gado. As evidências encontradas por um Bloodhound era inquestionável até para um juiz.

    Caráter: Este cão simpaticíssimo reúne força e persistência. Seu bom caráter é tão solene quanto as notas de um órgão na catedral. Com sua personalidade as vezes arrogante este cão maravilhoso não é recomendado para pessoas bruscas.
  • Border Collie
  • Borzoi
  • Bouvier de...
  • Boxer
  •        
    Cão

    Nome: Border Collie

    Tipo Físico: Com o tipo do Collie, o Border possui suficiente graça em proporção e substância para convencer a qualquer um que é um cão de trabalho muito ativo, hábil e versátil. Sua cabeça é ligeiramente larga e o focinho mais fino na ponta. Sua altura é ao redor de 53cm. Sem ser pesado nem frágil o Border pesa entre 14 e 20Kg. A pelagem pode ser meio longa ou curta. As duas variedades possuem um subpêlo resistente. Existem vária cores porém o branco nunca deve ser dominante.

    História: Os Collies trabalhadores foram vistos por centenas de anos na região fronteiriça entre Inglaterra e Escócia. O termo collie (cão de pastor) se aplica ao Border com perfeição. Os tipos de Collie originais da Escócia se pareciam muito com o Border atual. Sua forma de trabalhar é de muita visão. Um cão de boa visão leva o gado aonde quer. Os criadores atuais continuam enfatizando sua funcionalidade.

    Caráter: O Border Collie é um cão rústico, afetuoso, esperto e independente. Seu instinto é muito arraigado e é muito inteligente.
    Cão

    Nome: Borzoi

    Tipo Físico: Possui graça e beleza associada a velocidade. É simétrico e de proporções perfeitas, cada parte em seu lugar e com amplitude entre as mesmas, preservando a beleza do Borzoi. O corpo é marcado por linhas fluídas e uma musculatura bem desenvolvida. A cabeça é ligeiramente arqueada, comprida e estreita. A pelagem é longa, sedosa, sem ser lanosa, lisa e ondulada. Sua altura varia entre 71 e 79cm e seu peso entre 34 e 48Kg. A cor predominante é o branco, mas outras cores são aceitas.

    História: A importância da estética e simetria do Borzoi nem sempre foi primordial. Sua velocidade, força, valor e inteligência foram as qualidades mais valorizadas nele, uma vez que a caça ao lobo para o qual era usado, era um esporte difícil e perigoso. A família real russa promovia o Borzoi, da mesma forma que fazia a corte britânica em relação ao Greyhound. A caça ao lobo se converteu no esporte nacional russo e o Borzoi foi criado para esse propósito. Necessitavam de Borzois velozes e resistentes para alcançar os lobos, lançar-se sobre eles, derrubá-los e cravá-los no chão. Depois o homem se encarregava de amarra-lo e amordaça-lo. O Borzoi quando chegou na Inglaterra não encontrou lobos para caçar, mas graças a sua beleza natural se converteu em um cão decorativo para as mansões elegantes e para as exposições.

    Caráter: O Borzoi é um cão precioso porém não está preparado para qualquer tipo de vida. É um cão com estilo e graça incomparável, mas seus proprietários precisam ter espaço suficiente em suas casas. Tem muito bom caráter e sempre é um perfeito cavalheiro.
    Cão

    Nome: Bouvier de Flandres

    Tipo Físico: O Bouvier possui um corpo poderoso, de constituição compacta e rústica. Sua pelagem dupla é muito importante, o pelo exterior deve ser duro e o subpêlo suave e espesso, formando um conjunto impenetrável para resistir a inclemência do tempo. Sua cor varia desde o amarelo até o preto, inclusive o sal e pimenta, o cinza e o tigrado. Sua altura varia entre 61 e 68cm e seu peso ao redor de 40Kg.

    História: O Bouvier é historicamente importante para os belgas. Esses cães variavam muito de tipo e existiam muitos deles pelo país. Em 1910 os aficionados se fixaram neles e fomentaram o interesse pela raça. Graças a eles a raça pode sobreviver. Desde então outros muitos bouvier tem desaparecido. A partir do momento que as discrepâncias sobre o tipo foram solucionadas, a raça pode florescer.

    Caráter: O Bouvier atual conta com muitos aficionados e realmente é um cão muito chamativo. Ironicamente, para os granjeiros belgas, ele não era mais do que um cão de trabalho de casa com barbas sujas. Como cão de companhia é muito confiável, protetor e afetuoso.
    Cão

    Nome: Boxer

    Tipo Físico: O Boxer é um tipo de mastin refinado e se presta muita atenção a qualidade da cabeça singular e aos pontos chaves do corpo. Mesmo conservando muita habilidade, força e valentia ele é bem diferente de seus antepassados pois é mais ligeiro, tem mais estilo e é bem esculpido. A cabeça é plana sem rugas. O corpo é quadrado e a posição do rabo é alta e deve ser cortado. As patas são fortes e bem assentadas. Sua altura varia entre 57 e 64 cm e seu peso entre 24 e 28 kg. Sua pelagem é lisa, curta, grudada ao corpo e brilhante.

    História: Invariavelmente começará uma luta com as patas dianteiras como um pugilista. O Boxer (boxeador) é uma adaptação refinada do antigo "mordedor de touros" que se via nas arenas centro-européias dos séculos XVII até XIX. Entre seus possíveis antepassados se encontram o Dogue Alemão e o antigo Bulldog inglês e sem dúvida tem algo de terrier. Os experts na raça acreditam que o Boxer guarda relação mais ou menos estreita com quase todas as raças do tipo Bulldog. O Boxer deixou de ser um cocktail rude e converteu-se em um membro refinado do mundo civilizado.

    Caráter: Seguro de si e orgulhoso o Boxer tem um ar desafiante. Muitos o temem e outros o adoram. É um bom guardião e é ótimo para provas de obediência. É um grande companheiro e de muita confiança.
  • Briard
  • Bull Mastiff
  • Bull Terrier
  • Bulldog Francês
  •        
    Cão

    Nome: Briard

    Tipo Físico: O Briard é muito atrativo. Ele combina força muscular e de ossos com movimentos livres e ágeis. Tem expressão inteligente e olhos brilhantes, bem abertos e escuros. Sua pelagem é dura e longa e pode ser negra e/ou castanha, nunca com manchas brancas. Sua altura varia entre 56 e 68 cm. Seu peso ideal é aproximadamente 34 kg.

    História: Desde que os pastores passaram a necessitar de ajuda para controlar os enormes rebanhos, se tornaram conhecidos os pastores de pelagem dura. O Briard acompanhava os pastores nômades e sua origem exata é difícil de determinar. Também conhecido como Pastor de Brie, a raça é encontrada em todas as províncias francesas manejando rebanhos. Mesmo assim, é popular nas pistas de exposição e compete em toda a Europa.

    Caráter: Trabalhador e inteligente, é um cavalheiro adorável. Tem um caráter tranqüilo e agradável e uma discreta educação e bom gosto.
    Cão

    Nome: Bull Mastiff

    Tipo Físico: Este silencioso e valente guardião noturno combate sem problemas os intrusos mesmo que estejam armados. É um cão rápido, ágil, forte e decidido. Sua altura varia entre 61 e 69cm e seu peso entre 50 e 59 kg. Seu corpo é bem musculoso e sua pelagem curta e áspera. Sua aparência amedronta qualquer intruso. Freqüentemente possui máscara negra.

    História: Até por volta de 1860 o Bull Mastiff foi criado com o objetivo de se obter um cão para proteger a casa contra invasores. O cão devia seguir, cercar e controlar um invasor até a chegada das autoridades. A punição para o furto de casas era a morte, portanto é possível imaginar o desespero de um invasor quando era pego com a mão na massa. Por isso o Bull Mastiff com sua enorme força, rapidez e decisão era temido como guardião. Originalmente era chamado de Cão Noturno de Guarda-bosques. Esses cães no início eram mais pesados que os atuais. Em sua maioria eram de cor escura, tigrada, para melhor se camuflar a noite.

    Caráter: O Bull Mastiff apesar do tamanho e do histórico de medo é um cão muito carinhoso e confiável com as pessoas da casa. Sempre alerta e guardião, mas também muito alegre. É recomendável sempre adquiri-lo de criadores sérios que tenham animais de comprovado de bom caráter.
    Cão

    Nome: Bull Terrier

    Tipo Físico: Do ponto de vista estético não há cão tão perfeitamente equilibrado quanto o Bull Terrier. Com musculatura de ferro, firme sobre suas patas, pelagem bem ajustada e olhos triangulares e brilhantes, é um perfeito cavalheiro. Sua altura pode variar entre 53 e 56cm e seu peso entre 24 e 28Kg. Pode ser branco ou de qualquer outra cor com ou sem manchas brancas. A cabeça é larga, forte e comprida desde o occipital até a ponta do focinho. As orelhas eretas são pequenas, finas e ficam bem juntas. O corpo é arredondado e as patas são fortes. As patas dianteiras são retas.

    História: Ao redor de 1850, James Hinks, de Birmingham na Inglaterra, lançou uma nova raça com sangue de terrier para lutar contra os touros, eliminando algumas características que não se desejavam nos Bulldogs da época (dorso arqueado, os membros demasiadamente angulosos e o prognatismo). O Bull Terrier foi criado através de cruzamentos entre bulldogs utilizados para lutar com touros e o terrier branco inglês que já não existe mais.

    Caráter: O Bull Terrier tem classe e estilo. Apreciado por muito tempo pela sua nobreza inglesa, se converteu num cão refinado, bem educado, esperto e de porte vistoso. Fácil de ser treinado, valente, limpo e excelente companheiro para casa ou apartamento.
    Cão

    Nome: Bulldog Francês

    Tipo Físico: A forte ossatura, as grandes orelhas e o corpo musculoso contribuem para chamar a atenção para o Bulldog Francês. A pelagem curta lhe dá um aspecto limpo e mostra sua conformação sólida. O Bulldog Francês guarda certa relação com os antigos bulldogs do século XIX, apesar de ser menos pesado tem as patas mais encurvadas e rugas. A cabeça é grande e quadrada. O focinho é curto e largo. Possui um pequeno rabo. Existem duas variedades de peso: com menos de 10 kg e entre 10 e 13 kg.

    História: Ao longo do século XIX o Bulldog era popular nos ringues de luta em todo o mundo inclusive na França. Foi lá que surgiu a nova raça de Bulldog, mas que a principio não convenceu os ingleses. Os primeiros exemplares franceses chegaram a Inglaterra em 1893, porém não deu continuidade a raça. Quando se fundou o clube da raça na Inglaterra em 1902, havia poucos exemplares. No entanto logo se valorizou a raça que hoje é muito difundida e popular.

    Caráter: O Bulldog Francês é famoso por seu valor. Ele se torna irresistível por sua energia e aspecto encantador. É obediente e gosta de agradar seu dono. É esbelto, musculoso, ativo e atraente.

1 2 3 4 ... próxima >
 
 

Dogs e Cia Clínica Veterinária e Pet Shop - Rua do Comércio, nº 680, Concórdia / SC
Dogs e Cia Pet Shop . Veterinária - Rua da Independência, nº 91, Via Passarela, 1º Andar, Sala 03, Concórdia / SC
© - Ideia Good - Soluções para Internet